BEM-VINDO AO ARDINA / BIENNE  FIQLP

Folha Informativa Quinzenal em Língua Portuguesa 

 O Ardina de 18 de agosto é em linha 

Caros leitores

Com um tempo incerto lá vamos passando o verão a greve dos motoristas, que dividem muitos Português, porque vem estragar o conforto dos meses de férias. O campeonato Nos está a chegar, todos os clubes têm esperanças num bom campeonato, mas algumas surpresas já começaram, mas é só o começo. As escolas na região do Seeland já começaram, mas em Bienne é só no dia 19 de agosto. 

Boa quinzena a todosna companhia do Ardina.

 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No Ardina do 04 de agosto 2019

Caros leitores

Vamos entrar no mês de agosto o mês conhecido pelo menos em Portugal pelo mês de férias dos Portugueses, as praias estão cheiinhas, e aqueles que podem partem para conhecer o estrangeiro.

Mas muitos dos nossos compatriotas começam a regressar das férias, claro que uma grande parte ainda está a gozar estes dias de verão perto dos seus, nós aqui na região de Bienne-Seeland passamos a passear à volta do lago e comer um gelado ou outra iguaria nas esplanadas dos cafés e restaurantes. Que nesta altura estão muitas das vezes animadas com eventos de verão. O ARDINA deseja a todos uma boa leitura e um bom mês do LEÃO.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

 A Suíça fez a sua Festa Nacional!

Os preparativos se fizeram durante uma semana coma a venda de engenhos pirotécnicos e carnes para churrasco, as autoridades pediram prudência e precauções com os fogos. Mas os hábitos Suíços nestes dias de 31 ao 1 agosto é um dia de Festa aonde o grande prazer da população é de fazer fogos e churrasco à volta dos lagos, ou nos jardins privados é também uma festa de família aonde as crianças adoram participar.

Os políticos, cada um à sua maneira e cores políticas falaram sobre os casos de sociedade  atuais como os imigração e refugiados que foram os grandes temas deste dia do 1 agosto, (  Como uma sorte de história que se repete e a seguir não se faz nada
e todos os anos servem-se as mesma salsichas)

O presidente da Confederação elogiou a população Suiça pelo seu civismo e lembrou-lhe que a Suíça tem um sistema politico muito invejado por todos os Países do mundo.   

Na festa Nacional Suíça não há desfile militar, esta é a grande diferencia de muitos Países que dão a prioridade à violência e à guerra, em Suíça desfilam as Salsichas no churrasco e as costeletas e outras iguarias. 

Boa semana a todos do ARDINA

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No proximo Ardina 

Caros Leitores

Chegou o mês das férias para muitos compatriotas, tivemos festejos em Paris e na Ilha da Madeira, estes nos fizeram esquecer as verdadeiras preocupações da maioria do povo Português.

Continua-se a brincar com os corruptos mas sem os julgar. A justiça faz-lhe umas coceguinhas mas nada mais. Os discursos de uns e de outras não deixam de ser uma conversa de Café e assim vai o nosso cantinho LUSITANO. No mundo as coisas não vão melhor a sociedade continua a deixar morrer inocentes nas aguas do mediterrâneo sem algum dó nem piedade, condenando mesmo aqueles que tem coragem para os salvar! Gostaria de vos dizer um bom dia mais risonho e alegre, mas não é ainda neste ardina de Julho. Boas férias e boa leitora.

A lêr no proximo Ardina 

As finanças Suíças têm os braços grandes, na caça aos impostos dos imigrantes 

Muitos Portugueses receberam as imposições das taxas de fortuna em Portugal o que causa muita azia no meio da imigração em Geral. O Governo Português não fez nada para atenuar certas maneiras de descontos que são verdadeiros roubos às economias dos emigrantes. Mesmo os valores obtidos pelas heranças ou ganhos antes de emigrar foram sujeitos a taxas exuberantes com retroativos de 10 anos. 

Muitos emigrantes resolveram não declarar nada e abandonar a Suíça para fugirem às novas taxas que estimam não ser honesta e as considerando simplesmente de roubos, estes pagam as taxas em Portugal e também em Suíça para muitos consideram que é uma dupla imposição.

______________________________________________________________________________

Caros Leitores

Hoje é dia 23 de junho, dia de São João que se festeja um pouco por todo o lado é uma festa mais do norte de Portugal como o Santo António é de Lisboa. Ainda me lembro as marteladinhas com o martelo e com o alho-porro na cabeça daqueles com que mais simpatizava-mos nas ruas da cidade do Porto,  comia-se as sardinhas e bebia umas pingolas sem medo de nada, só dos carteiristas que estavam ativos nestas alturas de areal Eram festas populares cheias de alegria. Hoje as coisas mudaram mas ficaram nas grandes linhas com a mesma filosofia, dança-se bebe-se e come-se as belas sardinhadas.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O mês de junho é o mês das festinhas...

Festejou-se o dia de Camões, muitos discursos à volta da situação social em Portugal, mas também sobre a corrupção que tem vindo a ser o verdadeiro cancro de sociedade.
O Povo reclama mais justiça para com os abusos financeiros. O povo reclama as diferenças existentes entre as cidades e as regiões deixadas ao abandono.
Também se realizou as marchas de Santo António ou marchas de Lisboa foi o Bairro da Pina que ganhou.
As festas dos Santos Populares, se organizam em todas as regiões o Ardina vêm sobre estes sujeitos na próxima edição.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ultimas Noticias 

Acabamos de vencer a Primeira Liga das Nações que se realizou em Portugal
Bravo a todos os adeptos e atletas que ofereceram estes dias de festa a todo o Pais.
O Ardina vêm sobre o sujeito na próxima edição.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bom-dia

O Ardina número 20 acaba de sair e é tempo de fazer um balanço! O balanço é positivo e novos objetivos estão a ser estudos, O ARDINA / BIENNE, vai ser brevemente modificado, passando a ser um jornal com uma distribuição em papel e digital bilingue PT e FR.

Sempre com a mesma filosofia de informar os Português residentes na Suíça do que se passa em Portugal e na região de Bienne Seeland.

Para esta nova mudança O ARDINA procura  colaboradores voluntários para participarem ao novo projeto. Todas as pessoas interessadas devem contactar o Jornal.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Caros compatriotas

Aviso: se não declarar em Suiça a sua fortuna em Portugal, pode apanhar uma coima de três vezes mais, saiba que os retroativos contam desde 2005. Para exemplo se tem um valor de 130´000.00 € vai pagar cerca de 8´000.00 mil francos, que conta de 2005 a 2018 se não declarar são 3 vezes mais, para pôr as contas em ordem. 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Ensino Superior, fontes do Jornal de Noticias 

Edifício histórico do Ministério da Educação será alojamento para estudantes

O Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior prevê duplicar a oferta de camas numa década, dando resposta a 30 mil estudantes, e deixar de "hipotecar o futuro do país e famílias".

O Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES) vai chegar a 42 concelhos e prevê que, nos próximos quatro anos, sejam disponibilizadas mais 11.500 camas para estudantes das universidades e dos institutos politécnicos que estejam deslocados de casa, lembrou hoje o secretário de Estado do Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, sublinhando que dentro de 10 anos os estudantes terão 30 mil camas a preços mais acessíveis.

Um dos 263 imóveis que serão requalificados até 2023 é o histórico edifício no Ministério da Educação, na Avenida 5 de Outubro, em Lisboa, que hoje foi simbolicamente entregue aos responsáveis pelo PNAES.

O evento contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa, três ministros, um secretário de Estado e um presidente de câmara. Todos criticaram o longo período de falta de políticas de habitação que tivesse com conta a situação das famílias. 

Meu ponto de vista!

Uma boa iniciativa para muitos estudantes, espero que se faça também a mesma iniciativa para os sem-abrigo e carenciados trabalhadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Domingo e segunda-feira de Pascoa

Fomos abalados com tantas notícias fortes e tristes, apesar de continuarmos a gozar da boa seguridade que ainda reina nos nossos quintais, mas só peço para que estes quintais e hortos não caiem um dia estas sementes de ódio e raiva sangrentas, Pois este mal parece nunca mais apagar, temos de viver internamente com estas forças do mal, gastando as nossas energias e sem saber o verdadeiro resultado.
Passamos uma semana de Pascoa a ver imagem que nunca pensamos! O fogo na Catedral da Nossa Senhora de Paris, O Acidente na Madeira e o Ataque terrorista em Sri Lanka. Que matou mais de 300 pessoas entre os quais muitas crianças.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Segundo o Sexta às 9

O negócio das Barragens  das Minas de Lítio

O Governo risca de abrir uma grande ferida nas contas 2019, e quem paga é o Zé Povinho

Para saber mais: https://www.rtp.pt/play/p5338/sexta-as-9

Boa Pascoa a todos!

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A ler no proximo Ardina 

O rescaldo das subvenções da EU atribuídas a Portugal

Carta aberta a Castelo de Paiva e outros Concelhos menos austeros!  

                Como se tem ouvido há uma falta de rigor de controlo e verificações de projetos, feitos de uma maneira irrefletida, estes projetos sem interesse para a população na sua maioria, são projetos feito na cozinha dos amigos, deixam uma imagem negra na nossa governação ( As tais pipas de dinheiro que chegou da EU que deixa a maioria da gente sem provar uma gota)   Em todo o País não se verificou um investimento na formação profissional relevante,  portanto só com a formação é que se pode atirar os jovens e menos jovens no mercado de trabalho sustentável. 

Centenas de milhões de € são metidas nos bolsos de privados e não chegam a ser investidos na real economia Portuguesa, estas situações de dilatação de capitais é o surto ganancioso de muitas pessoas que dominam o sistema económico politico. 

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

Como se vê o mundo de Bienne

                Bienne é uma janela virada para o mundo, um mundo aonde as injustiças mais abomináveis se passam e nós ficamos a ver e admirar com as colores pintadas que só nós podemos imaginar, mas sem as poder transformar num arco-íris de Paz e Amor, habituamo-nos a ver sempre a mudar e a derramar sangue, lágrimas e miséria.

                Na cidade encontramos e viajamos com muitos sobreviventes que são herdeiros destas injustiças, mas nunca paramos um momento para saber como eles ou elas chegaram aqui com tanto sofrimento, só olhamos as novas carapaças que eles usam e muita das vezes  julgamos estas luxuosas, e não aceitamos de oferecer os espaços com generosidade, que eles querem ocupar!

                As multicultoras são bem presentes na nossa cultura Biennoise, não vale a pena lutar ou ser radicais, temos uma cultura que é cada vez mais empurrada para se misturar às outras culturas, seja na maneira de pensar, consumir ou se alimentar, esta é a realidade do dia à dia. Só temos a ganhar com está infusão cultural aonde tudo pode ser metido em questão, mas não deve ser tudo metido de lado, temos valores que devemos compartilhar. Mas os outros também têm valores que devemos aceitar, somos  libres de aceitar ou não aceitar!  Estes podem fazer parte da nossa tronco de cultura, mas não da nossa raiz cultural, e só assim é que podemos viver em paz e respeito com os outros. O sol dos outros é quente, mas não tão quente como o nosso sol de raiz, como dizem os puristas !

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Novidades da cidade de Bienne (Carnaval)


A cidade de Bienne CH decorreu do dia 6 ao 10 de Março as festividades de Carnaval, a chova e vento não desanimou os amadores do carnaval que estiveram presentes nas ruas de Bienne desfilando ou encorajando os figurantes de carnaval cortejo noturno foi muito frequentado com música e carros iluminados o cortejo no sábado 9 dedicado às crianças teve muita animação, o cortejo do 10 de março foi abrilhantado por todos os grupos (cliques) da região de Bienne Seeland, os bailes de carnaval de Sábado e Domingo e segunda-feira foram realizados no palácio dos congressos e na terça-feira fechou-se o carnaval 2019 em Boujean/ Bienne com a queimado do palhaço em palha (Böögg-Verbrannen

_______________________________________________________________________________________________________________________________________

O dia das mulheres

Comemora-se o mês das mulheres em todo o mundo, mas continua-se a maltratar as mulheres! Seja com atos cruéis físicos ou atos psicológicos devastadores para a vida de muitas mulheres mães. O que se pode fazer neste mundo de egoísmo aonde se pratica o medo ao outro atos para o subjugar aos seus instintos macabros, reduzindo o outro ao pó da sua existência, ficando assim dominador sequiado na sua embriagueis de ódio e de sentimentos exaustos.

Como se pode fazer mal à mulher que um dia se amou e que é a mãe dos nossos filhos? Não posso responder a tais atos selvagens.

Todos os dias recebemos notícias que nos mostram que cada vez a violência aumenta, mais contra as mulheres, quando é que damos as ferramentas necessárias aos polícias e justiça para ativarem com mais urgência as prevenções de tais atos. Gostaria mais de ver um prisioneiro com a intenção de fazer mal do que uma mulher morta ou paralisada. 

José Duarte

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Meu ponto de vista

As greves e as subidas de classe

Temos os costumes antigos que o tempo de serviço na administração dá a possibilidade de subir de carreira, o que é totalmente danoso para a qualidade de serviços e competências profissionais.

Eu sou da opinião que as formações catedráticas ou profissionais passem por formações superiores quuando pretendam lugares de mais responsabilidade ou chefia, só depois destas formações é que se pode candidatar a um lugar de responsabilidade ou chefia, mas este lugar mesmo assim será atribuído por outras competências que sejam profissionais e só a administração pode liberar o posto ou negar o posto, após estudo do caso.

A maneira com que os professores e enfermeiros reclamam deixa aparecer que o que conta na subida de carreira é os anos de serviço, esquecendo que há jovens que na mesma profissão estão mais preparados do que os velhinhos, pois os jovens que obtiveram um Brevet ou uma Maturidade na profissão tem direito a ser mais rapidamente promovidos. Claro que ter Brevet ou uma Maturidade não é uma garantia para ter um posto de responsabilidade obrigatória numa economia liberal. É assim que funciona a Suíça. Em todas as profissões.

José Duarte

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Rescaldos Políticos

Por que é que os políticos da oposição tem todos um gosto de arruinar e derrubar o que foi feito ou que está para fazer, mas raramente ajudam a concretizar os objetivos do governo em lugar. Mas o mais engraçado é quando eles ou elas na oposição começam a bradar na assembleia sobre sujeitos que eles mesmo criaram nos tempos em que deviam fazer alguma coisa. E não fizeram! A falta de memória e os risinhos artificiosos deixam o povo desconfiado e sem forças para compreender exatamente as origens do sujeito. Os políticos na assembleia comportam-se como os sardinheiros (os quais eu respeito muito) que tiram as brasas para a sua sardinha. 

A linguagem política é só para uma pequena percentagem de gente que não é a maioria o resto se comporta como de rebanho de ovelhas, os verdadeiros problemas e informações não são credíveis de honestidade e transparência. 

Os problemas da caixa Geral de Depósitos a liberação dos PTT e a organização dos hospitais são uma testemunha de assuntos que mereciam uma conversa mais explicativa da parte dos políticos a toda a população.

Silvia Couto


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Notícias do Brasil

O nosso País irmão como chama-mos, começou o ano com o novo Presidente Jair Bolsonaro um homem cheio de confiança na sua estratégia de rigorosidade e dividindo uma parte do povo para melhor governar, autorizando mesmo o porte de armas a todos, deixando o direito ao Povo de se defender em vez de ser o Governo a defender o Povo! Bem são escolhas politicas daqueles que querem funcionar como Pilatos. 

Veio a Davos CH (fórum económico mundial) aonde foi recebido como um VIP e talvez como o novo guia do neoliberalismo mundial, pedindo ajuda aos investidores estrangeiros. Mas este novo presidente da extrema direita estava um pouco sozinho, pois o seu comparsa Donaldo Trump pertencia à lista dos ausentes, assim que outros menos fulgurantes, como o presidente Francês Emmanuel Macron que não encontrou o colete amarelo para o conduzir a Davos e primeira ministra britânica Theresa May por causa do seu BREXIT. Mas claro que o Presidente Bolsonaro homem forte do Brasil foi a curiosidade do primeiro dia de Forum de Davos na linda região de Grisão CH. Mas deixou uma linda frase que foi a sua escolha de parceiros dizendo nós queremos negociar com  Governos de centro direito e não com governos da esquerda. Desejo coragem e força ao povo irmão para não deixar esta personagem tirar a alegria ao povo Brasileiro. Boa Quinzena. 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

AS GREVES SÃO O CANCRO DAS SOCIEDADES MODERNAS!

Por que temos sempre greves que trazem um paladar amargo à sociedade! Nós e os Francês somos os (CAMPEÕES) Os Países das greves que complicam e estragam a vida ao quotidiano de milhares de pessoas.

Em Portugal fazem-se greves por tudo pelo nada! Há tentativas de negociações, mas os valores e a ironia das pessoas finaliza sempre com as greves, já repararam o trabalho para a organização de uma greve então refletir não é julgar! Sindicatos e líderes grevista passam semanas e mês a organizar uma greve, pois querem primeiro dar uma imagem de bons trabalhadores da causa e segundo e mais importante fazer aderir o máximo de membros, FUNCIONAM EXATAMENTE COMO OS GOVERNOS INCOMPETENTES DAS SITUAÇÕES.

Os Governo muitas das vezes, apanhados de surpresa porque não se preocuparam com as classes baixas ou laborais ficando só às escutas dos deputados da Assembleia Nacional que estes são todos tecnocratas e Filarcos (philarques= amam o poder, em grego) que sejam da esquerda ou da direta. Os representantes dos trabalhados, os representantes do Povo já desapareceram, como dizem os Franceses à Belle Lurette (Já foi há muito tempo) e não são representados na Assembleia Nacional. Em ordem de pensamento justo o que não precisamos é de tecnocratas mas sim de cidadãos ao serviço de cidadãos.

Não pretendo construir um estado com ideias utopistas, como aquelas escritas por Tomas More, no século XV, Mas era bem que os nossos líderes políticos tivessem a coragem de mudar radicalmente o nosso processo de Governar, que o sistema eleitoral fosse modificado, que os trabalhadores, e as profissões fossem representados na Assembleia Nacional e que se começasse a Governar com mais participação do Povo, por referendo! Pensar que o Povo (cidadões) não são competentes para fazer politica ou tomar decisões coerentes e responsáveis com o Povo e Nação, isso sim é Ilusão, ou mentira como descreve Santo Agostinho. Quem ama mentir, prova o prazer de o fazer! Por esta razão ouvimos muitas mentiras da parte dos nossos políticos, O Povo deve ser o que mais ordena., e a justiça não se negocia! Povo é Portugal!

 José Duarte  

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O mundo deve mudar! As gorduras caem sempre na mesma panela!

Estamos a entrar num novo ciclo de comportamento de vida, o povo quer mais e já! Por que não aguentam mais! Perderam a confiança nas organizações do estado, nos partidos e nos políticos, estes são sempre os mesmos depois de décadas, cansados e que ficaram no seu conforto à espera das boas reformas...

O Povo pede o fim das concordâncias, pede mudança rápida, Os salários minimos são uma vergonha... Se sentem desonrados e humilhados pelo salário miserável garantido em Portugal, querem ter o mesmo tratamento dos países vizinhos, O salário mínimo Nacional deve ser 1000€ por mês, obrigar o governo mole a intervir e exigir soluções  rápidas, os sindicatos e partidos não têm capacidade de resolver este problema, estes são desprezados pelo governo e identidades patronais só o povo junto pode resolver, manifestando juntos! As reformas em Portugal é uma lástima, devem ser aumentadas para 600 € mínimo  por mês , para que os reformados tenham um poder de compra humano justo e que não sejam tratados por todos os Governos como paupérrimos. O Portugal é do Povo!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ultima hora... Em França a revolta dos coletes amarelos não cessa!

Sabado 8 de dezembro 2018 

Blindados, Policias com cavalos e cães, travam e amedrontam os coletes amarelos, o estado Francês em imagem de guerra urbana.

 Esta situação leva muitos governos a tomar medidas cautelares para que este surto não se alastre.

  Nas trés semanas de manifestação comta-se  4 mortos e de centenas de feridos. Uma revolução social de grande dimensão, uma epidemia para a UE, na Bélgica e Holanda já há grupos de indignados a praticar os mesmos símbolos.   

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os coletes amarelos

Há mais de duas semanas o governo francês tem dificuldades em manter a ordem no país, a gota de água que fez desbordar o copo foi o anúncio para o 1° de janeiro 2019 o aumento dos impostos dos combustíveis, depois de já ter aumentado vários impostos os Governo e o Presidente Emmanuel Macron meteu-se em confronto com maioria da população. Esta organizou-se de maneira popular sem líderes e sem cores políticas, unindo-se pela necessidade de dizer chega, nós não podemos mais! Milhares de pessoas de oriundos diversos fizeram marcha sobre a capital e utilizaram a força para ser ouvidos, porque o governo tinha-se fechado num mutismo e arrogância e não queria abrir dialogo ou dar uma reposta imediata às reivindicações dos manifestantes. Durante duas semanas viu-se uma guerra urbana das mais violentas da história da república Francesa dos últimos 50 anos. Mesmo a revolução do 24 abril 1974 em Portugal não teve a mesma violência! Lamenta-se um morto e centenas de feridos das duas partes. (policias e manifestantes).

O primeiro-ministro Edouard Philipe anunciou ontem 4-12.2018, numa declaração televisiva, que o Governo decidiu suspender, durante seis meses, o aumento dos impostos sobre os combustíveis e outros. Pelo momento, isto não satisfez os “coletes amarelo” novas manifestações estão anunciadas para os dias que vem, vive-se um impasse e como os coletes amarelos não tem representantes oficiais as negociações tornam-se complicadas. 

Esta situação em França pode-se alastrar pela União Europeia,  então seria a falência de todo o sistema politica e social da Europa. A população perdeu a confiança nos Governos, Partidos e Políticos. Estes acusados de ser muito tecnocratas e de não compreender a situação e as necessidades da população, um mar de insatisfação pode-se sentir dentro da UE e ninguém viu chegar isto, tantos os sociólogos, economistas e politicosetc. não conseguem tratar o mal pelas raízes, Pois há dezenas de anos, que UE marcha em direção desta insurreição social, que é cada vez mais realidade.

As causas são várias eu só vou tratar uma que me parece mais importante, depois do fim da segunda guerra mundial o capitalismo e liberalismo criaram riquezas e conforto insustentáveis sempre cada vez mais, seja em produção industrial e serviços, (ao primeiro reflexo foi uma boa coisa) o liberalismo tornou-se o dono disto tudo! A marcha ao benefício financeiro e a marcha à concorrência nunca teve um tempo de trégua. Criaram-se necessidades de conforto mas também necessidades de trabalho, assim por exemplo os trabalhadores tiveram acesso ao automóvel para melhorar a mobilidade criando ao mesmo tempo mais despesas privadas, mas também provocando despesas ao estado enormes (estradas, compra de combustíveis, policiamento, administração e hospitais) Claro o automóvel fez com que os trabalhadores fossem mais flexíveis no que diz respeito aos horários de trabalho e lugar de trabalho, metendo mesmo em dificuldade os transportes públicos em adicionando a este novas cargas financeiras. Os ordenados nunca aumentaram em relação ao aumento das despesas dos trabalhadores. Exemplo se um trabalhador tem carro para se deslocar ao trabalho este aumenta as suas despesas de cerca 30% e o ordenado só aumenta cerca 2% portanto o trabalhador ganhou em conforto mas não aumentou o poder de compra, eu poderia falar também do Natel ou mesmo dos horários dos grandes estabelecimentos ou centro de compras. Hoje faz-se compras com os carros 7/7 dias da semana. O automóvel veio trazer uma carga de despesas mais importante da sociedade humana, mas como nos traz um conforto e uma imagem social valorizante, temos dificuldade em o abandonar, o seu lugar seria só um objeto de luxo.

Sabia que há cerca de 20 anos existia ainda os viajantes que iam de aldeia em aldeia vender os produtos às mercearias e lojas de carro, porque os comerciantes não tinham carro nem carta de condução, agora os poucos que existem tem um carro ou dois, um para as compras outro para a família! A PENSAR, BOA SEMANA!  

 A ler mais o meu ponto de vista no próximo ardina 

---------------------------------------------------------------------------------------

Votações na Suiça do 25 novembro 2018, na Suiça é o Povo que mais ordena!

Sujeitos a votos e votos finais, depois de algumas semanas de debates 

-Iniciativa pela dignidade dos animais de ajuda agrícola, iniciativa pelas vacas com cornos,

Votos a favor 45,3% da Iniciativa votos contra 54,7% a iniciativa, resultado dos animais (vacas) a cornos não são subvencionados.

 -Iniciativa popular “” Pela leis de Juízes suíços em lugar dos Juízes estrangeiros (Iniciativa por a autodeterminação)

 Votos a favor da Iniciativa 33.7% votos contra a iniciativa 66,2% não passou.

 -Base legal por controle dos assegurados

 Votos a favor 64,7% sim à Iniciativa e votos 35,3% contra a iniciativa, os suíços dizem sim aos detetives anti abusos. 

 No Cantão de Berne também se votou para, mensagem do Grande Conselho de Berne

 -Pela modificação da lei sobre os impostos “revisão 2019”

Votos a favor 4 6,4% votos contra 53,6% , a baixa dos impostos para as empresas Berna diz não,

 -Crédito 2018-2020, para alojamento e enquadramento dos requerentes de asilo de menores mão acompanhados.

Voto a favor 81,1% dos votos contra 19,89%, crédito aceite.  

Para nós comunidade Portuguesa o que é que mudou!

 Nas grandes linhas nada mudou! 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As festas de São Martinho

A tradição e a festa do magusto

Legenda

Era um dia tempestuoso onde a chuva, o frio e o vento obrigavam os menos destemidos a ficarem bem fechados no conforto da sua casa.

Martinho, montado no seu cavalo, enfrentava sem receios a intempérie. Percorria o seu caminho quando viu em mendigo, cheio de frio e completamente encharcado, a pedir esmola à beira da estrada.

Cheio de compaixão, o jovem desceu do cavalo e, com a ajuda da sua espada, cortou a sua capa militar ao meio e deu uma das metades ao mendigo

Depois montou no seu cavalo e retomou o seu caminho, cheio de frio, mas feliz.

Foi quando Deus lhe decidiu agradecer afastando a tempestade e fazendo brilhar um Sol radioso, tal como nos dias de verão e nascendo o verão de São Martinho.

O dia 11 de Novembro é dedicado a este Santo, padroeiro dos Comissários, que nasceu em Szambatkely na Hungria.

A estes dias de Sol que normalmente quebram os dias cinzentos do Outono, dá-se o nome de Verão de São Martinho ou Verão dos Marmelos por ser a época por excelência para a apanha do marmelo.

Estes são dias de festa popular, que celebrando a tradição de São Martinho, preparam as pessoas para o rigor do Inverno que se avizinha.

E como diz o ditado: em dia de São Martinho, faz magusto e prova o teu vinho.

 -------------------------------------------------------------------------------------------------

Provérbios de São martinho

No dia de São Martinho vai-se á adega provar o vinho.

Em dia de São Martinho atesta e a batoca o teu vinho.

No dia de São Martinho, fura o teu pipinho.

No dia de São Martinho, come-se castanhas e bebe-se vinho.

Pelo São Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.

Pelo São Martinho prova o teu vinho; ao cabo de um ano já não te faz dano.

O Sete-Estrelo pelo São Martinho, vai de bordo a bordinho; à meia-noite está a pino.

Se o Inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo São Martinho.

Em Suiça o São martinho é também muito festejado

Le Saint- Martin

La fête du cochon dans le jura

Ementa: caldo, geleias, chouriça de sangue com creme, cozido, grelhadas, chucrute guarnecida, Rösti, Totché

( tarta à creme )

Bom São Martinho

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A vida nas prisões!

 

  • A vida na prisão não é fácil, nem são férias pagas, os prisioneiros pagam tudo o que consomem, é mais fácil entrar na prisão de que sair! Os prisioneiros são uma clientela de forte valia para muitos intervenientes da vida prisional. Quando uma pessoa entra em prisão fica muita das vezes com o mínimo de contatos, muitas das vezes reduz-se a alguns amigos e família, este ficam também com limites de visita só depois de um pedido ao juiz é que talvez a visita seja possível. Todas as visitas são sobre um controle bem preciso. A célula é partilhada muita das vezes por outros prisioneiros que não se conhecem, o que causa muitos problemas de comunicação, dentro da prisão à uma hierarquia ou seja um chefe ou chefes entre os prisioneiros. As relações podem ser muito conflituosas em especial nas saídas dos passeios e nos momentos de trabalhos em grupo.

  • Cada prisão tem o seu sistema de organização, quando o prisioneiro trabalho a vida torna-se mais leve, porque vai fazer uma atividade remunerada e com o ganho pode comprar diversos produtos de consumação. Mas se escolhe de não trabalhar pois fica na célula e só sai nas horas de visita ou passeio. 

  • O prisioneiro participa à vida económica do estabelecimento prisional, pode-se analisar em diversas prisões a venda de produtos como legumes, frutas, queijos, leite e produtos de higiene.

  • Há grandes empresas que ocupam muita mão-de-obra prisional para montar a sua produção ou preparar as embalagens, também existe as lojas artesanais aonde são vendidos os produtos fabricados pelos reclusos, pode-se verificar que muitos produtos são caros em relação ao preço da mão-de-obra.

  • Contrariamente a que muitas pessoas pensão os prisioneiro ajudam a economia a crescer, exemplo construção de cadeias, construção de tribunais, formação de juízes, formação de policias, formação de agentes sociais, formação de psicólogos etc. sem os prisioneiros uma grande parte da economia não existia. Os prisioneiros são bons clientes para este grupo de empresas.

           A ler no proximo ardina

  • Bendito seja a tolerância!

  • Está na moda ser tolerante e ter empatia com os nossos semelhantes, mas vemos todos os dias que a tolerância e compreensão não funcionam como um monta-cargas, Os tolerantes são vitima, todos os dias das ações do bem que querem fazer. Portanto ser tolerante não significa ser tolerado, se um dia alguém que considere a tolerância como uma utopia, e ao vosso primeiro gesto ou comportamento vai-lhe chamar de burro e inculto, não estranhe!

  • Ser tolerante exige uma preparação ao emocional ao sofrimento do outro, (os psicólogos dizem empatia). Muitas pessoas dizem ser tolerantes e cheias de bom senso, mas quando nós analisamos os seus comportamentos são muito mais vezes intolerantes do que tolerantes. Pode ver nas filas de espera e noutros serviços públicos etc.

  • Hoje com a chegada dos refugiados há uma quantidade de pessoas que dizem ser tolerantes e mesmo estar prontos a ajudar os outros em todas as formas. Mas na realidade a maioria fazem do comercio com a carência destas pessoas, recebendo de subsídios ou mesmo de favores para acolher estas pessoas.  É mais fácil mendigar para o próximo de que para si mesmo. Dar ou receber é a pergunta!

  • A ler no proximo ardina 

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

  • Como vai a consumação moderna!

  • Há quase duas décadas, estamos a viver uma mudança nos nossos hábitos de comprar e consumir, pois compramos hoje mais por paixão e emoção de que por necessidade, tornando-nos compradores vulneráveis e frágeis.

  • Os grandes centros comerciais são cada vez mais organizados e agressivos, depois de uma politica de destruição dos pequenos negócios de família e artesanais, atacaram-se seguidamente às nossas contas bancárias e aos segredos das nossas escolhas te tal forma que às vezes podemos até pensar que eles adivinham as nossas preferências, podem estar certos eles não adivinham estão certos a 90% das suas preferências de consumação, as fontes de informação são as cartas de créditos, as cartas de fidelidade, as cartas de bónus as suas compras por internet e as suas participações aos concursos internos ou externos etc. Caro consumador todos os dias você dá informações sobre a sua maneira de comprar e consumir, assim a agressividade dos grandes centros de venda são cada vez mais agressivos e eficazes nas campanhas de marketing. 

  • Já reparou que você compra com antecedência, muitos artigos só porque pensa que depois talvez não há aquilo que deseja ou procura, ao detrimento de pagar muito mais caro hoje, do que amanha!

  • Você sem o saber está a provocar que as estações de festas do ano tomem dois ou três meses de avanço e que na semana como o Natal já se encontre saldos. Um desastre para as suas compras que encontra os seus lindos artigos já em soldo antes das festas. 

  • Quantas vezes já tiveram necessidade de arroz ou um litro de azeite e desceu para ir comprar só isto ao seu merceeiro e quando chegou à porta leu um cartaz dizendo estou definitivamente fechado porque não podia viver mais só com as urgências! Veio para traz e mudou a receita do dia, assim confirmou que os seus hábitos e comportamentos ajudaram a morreu os pequenos e médios negócios, é também verdade que eles não souberam adapta-se às novas tendências de consumação. 

  •  A ler no proximo Ardina 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

  • Política de imigração

  • O nosso primeiro-ministro, António Costa, anunciou a abolição do IRS a todos os imigrantes que queiram voltar definitivamente a Portugal, como os descontas possíveis de todas as despesas causadas no volta ao País, Pelo momento é só promessa porque ainda nada está oficialmente oficializado,

  • Mas por dentro destas ofertas o que é que não se diz, como a transferência do segundo pilar e AVS, se vão fazer e os descontos de tais transferências. As despesas são suportadas pelos Português do Estrangeiro (imigrantes) mesmo? Como não garante trabalho nem ordenados adequados ao nível de vida que já se habituaram a ter.

  • Antes de partir para Portugal deve-se bem informar como são efetivamente as condições. Pois todos os imigrantes que deixam a Suiça definitivamente perdem todas as regalias que tem na Suiça, depois se um dia querem voltar entram no sistema de 2019 sobre a imigração. 

  • José Duarte 

  • O tempo de férias

  • Ontem estávamos alegres e motivados para sair e visitar os nossos familiares e amigos no nosso pais de origem, hoje estamos contentes de regressar ao país de acolhimentos e são estes as situações que nos encontramos todos os anos antes e depois da época das férias contentes por partir e contentes por regressar, Há dias encontrei um empresário suíço que me dizia os meses aonde os colaboradores de origem estrangeira dão mais rendimento é um mês antes de partir de férias e o mês depois das férias, estes são motivados, criativos, e activos, é um prazer trabalhar com esta gente! Eu perguntei-lhe, então deve os deixar ir de férias mais vezes, assim tem colaboradores sempre alegres e felizes! Ele riu-se e não me deu reposta.

  • Mas eu pensei se ele tinha alguma razão na sua argumentação, e então analisei os comportamentos de muitos estrangeiros não só da nossa comunidade lusitana, mas também das outras. Verifiquei que as datas aonde os trabalhadores são mais simpáticos e anfitriães oferecendo ou convidando uns e outros ao aperitivo, são realmente antes dasférias e muitas das vezes depois, mas mais raramente!

  • A razão é que os sonhos alimentados durante um ano de trabalho no país de acolhimento, Mas quando chegam ao cantinho de origem vêem o sonho a ser ou não realizado, e ai está a alegria ou a tristeza do regresso e ai começa os lamentos ou as saudades.   

  • Crónica de Elvira Freitas

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

  • A minha Suíça

  • A história, quis que eu germinasse no mesmo dia que a suíça pois somos do 1º de agosto claro a suíça nasceu em 1200 e eu mais tarde, como se pode verificar. Desde os anos 70 data da minha chegada aqui na terra HELVÉCIA, a minha curiosidade nunca enfraqueceu este interesse de me informar sobre a vida de um estado e povo que apostou sempre na diversidade, aonde tudo era difícil para viver corretamente, com um inverno muito agressivo com as montanhas difíceis de acesso, com uma historia politica totalmente feita diferente dos países que são à sua, volta um serviço militar de milícias, um país aonde a felicidade era vista como uma UTOPIA nestas funestas terras, só o trabalho do homem para a sua sobrevivência podia dar uma certa alegria para viver ao presente.  

  • Os helvéticos viviam da agricultura e da participação à guerra como mercenários iam lutar sobre contrato, eram reconhecidos pelos romanos e outros povos como guerrilheiros disciplinados, bem treinados, fortes e honestes.  

  • Todas as campanhas aonde eles participaram a maior parte foram coroadas de sucesso.

  • A suíça é um país aonde se pratica mais a concertação e a negociação, pode-se dizer que a suíça é o país democrata mais antigo do mundo. 

  • Desde 1848, a confederação Suíça tem sido um estado Federal de Cantões relativamente independentes, alguns dos quais tem permanecido confederados desde mais de sete séculos, podendo considerar-se uma das democracias mais antigas do mundo.

  • José Duarte