Nesta pagina vou apresentar o livro do Zezé do Café Central           

www.chiadoeditora.com

Este livro foi publicado no CHIADO EDITORA em 2012, foi um dos 1° livros de José Rodrigues Duarte ou José Duarte, faz parte da coleção viagens e ficção.

Introdução do livro 

Foi no fim dos anos 40 que nasceu um bebé, numa pequena aldeia do concelho de Caastelo de Paiva, segundo de uma familia de cinco irmãos, chamado ``Zezé``alcunha de José. Os pais pertenciam à classe média . O pai era latoeiro e músico, um homen dotado e autodidata a nível musical ; mãe verde para as flores de casa e jardim, dotada de uma inteligência para a matemática. O pequeno Zezé, aos seis anos ,entrou para escola primária e aos onze terminou a escolaridade obrigatória.

E assim começa a história pacionante do Zezé do café Central 

Sinopse.

 O benefício das pessoas que não têm licenciatura, é que eles se preparam toda a vida. Eles se esforçam continuamente para preencher esta lacuna. Enquanto outros que passaram o licenciamento ou até mesmo um doutorado permanecendo neste patamar da ciência, uma certa auto-complacência se instala então, eles são pessoas completas. G. Grass José Rodrigues Duarte publica este livro para dizer um grande obrigado a todas as pessoas que o ajudaram a crescer e a construir a personagem, o autor não acredita na fatalidade, mais sim na preservação, na ação que visa garantir a continuidade.  Foi numa pequena aldeia de Castelo de Paiva que começou a linda história do Zezé do Café Central. O autor conta os hábitos e costumes dos povos e regiões por onde a personagem principal passou com o seu pau de peregrino ligando o leitor a uma realidade de viagem de vida que podia ser a sua. A história do Zezé não é uma nostalgia, é uma passagem para a felicidade. Não é um Tsunâmi que destruiu o Homem. O homem bom se construi continuamente. O trabalhador do exterior não abandona a sua pátria, fica com ela no canto da saudade onde um Sol brilhante habita constatemente. Partilhe este livro:facebooktwittergoogle+